Seja bem-vindo
SP - Litoral,19/07/2024

    • A +
    • A -

    Argentina coloca prestígio à prova na semifinal da Copa América contra o Canadá

    Fonte: gazetaesportiva.com
    Argentina coloca prestígio à prova na semifinal da Copa América contra o Canadá

    A campeã mundial Argentina, defensora do título continental, tentará nesta terça-feira avançar à final da Copa América contra o Canadá, surpresa da semifinal, numa reedição do duelo que abriu o torneio (vitória albiceleste por 2 a 0).


    Naquele jogo do dia 20 de junho em Atlanta, o primeiro da seleção canadense na história do torneio, Messi não marcou, mas fez a assistência para o gol de Lautaro Martínez, artilheiro da competição com 4 gols.


    Mas a nova versão do confronto, que será disputado no MetLife Stadium em East Rutherford (Nova Jersey), promete ser diferente porque a Argentina não conseguiu ser tão superior quanto o esperado no decorrer da competição e o Canadá deu mostras de que não é tão frágil quanto se imaginava.


    A ‘Albiceleste’ terminou a primeira fase como líder do Grupo A, depois de também vencer o Chile (1 a 0) e o Peru (3 a 0), mas não teve vida fácil nas quartas de final contra o Equador (1 a 1 nos 90 minutos) e, para avançar, dependeu mais uma vez do goleiro ‘Dibu’ Martínez, que defendeu duas cobranças na disputa de pênaltis e foi o herói na tensa vitória por 4 a 2.


    Depois de perder para a seleção argentina na primeira rodada, o Canadá se recuperou e conseguiu a classificação no grupo vencendo o Peru (1 a 0) e empatando com o Chile (0 a 0).


    Mas o melhor momento da equipe foi nas quartas contra a Venezuela, que vinha de três vitórias na fase de grupos. Após empate em 1 a 1 no tempo normal, os canadenses levaram a melhor na decisão por pênaltis (4 a 3).





    Messi 100%?


    Apesar de ter jogador os 90 minutos, Messi sentiu o músculo adutor da coxa direita no primeiro tempo contra o Chile. Contra o Peru, foi poupado por precaução e contra o Equador esteve longe de mostrar o desempenho da estreia.


    É sabido que Messi odeia ir para o banco, por isso sua titularidade contra os canadenses está garantida, mas não sua recuperação total, apesar de ter treinado com o grupo em igualdade de condições após o jogo com o Equador.


    O técnico Lionel Scaloni não deve fazer muitas mudanças na escalação em relação à equipe que entrou em campo nas quaras de final, e uma delas estaria relacionada à presença de Ángel Di María.


    O experiente meia-atacante foi titular contra o Canadá, mas contra Chile e Equador deu lugar a Nicolás González. Marcos Acuña se recuperou de uma contratura muscular deve voltar à lateral-esquerda.




    O sonho canadense


    Por ser estreante na Copa América, o Canadá merece aplausos e reconhecimento. A equipe conseguiu eliminar o Chile no Grupo A e contra todos os prognósticos passou pela Venezuela nas quartas.


    “O jogo contra a Argentina terá que ser o melhor que já fizemos. Não vamos nos fechar atrás e tentar só defender. Seremos agressivos. Vamos tentar jogar como queremos jogar e ver se poderemos manter o nível”, advertiu o técnico do Canadá, o americano Jesse Marsch, no cargo desde meados de maio.


    A seleção canadense não tem talentos individuais de destaque, apesar da presença do polivalente lateral Alphonso Davies, do Bayern de Munique e pretendido pelo Real Madrid.


    O goleiro Maxime Crépeau, do Portland Timbers da MLS, surgiu como herói na disputa de pênaltis contra os venezuelanos, mas o Canadá se caracteriza mais pelo espírito combativo, a força física e a solidez defensiva do que por um futebol propositivo.




    Prováveis escalações:


    Argentina: Emiliano Martínez – Nahuel Molina, Cristian Romero, Lisandro Martínez, Nicolás Tagliafico ou Marcos Acuña – Rodrigo De Paul, Alexis Mac Allister, Enzo Fernández – Lionel Messi, Lautaro Martínez e Nicolás González ou Ángel Di María. Técnico: Lionel Scaloni.


    Canadá: Maxime Crépeau – Alistair Johnston, Moise Bombito Lumpungu, Derek Cornelius, Alphonso Davies – Jonathan Osorio, Stephen Eustaquio – Richmond Laryea, Jonathan David, Jacob Shaffelburg – Cyle Larin. Técnico: Jesse Marsch.


    O post Argentina coloca prestígio à prova na semifinal da Copa América contra o Canadá apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.




    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login

    Recuperar Senha

    Baixe o Nosso Aplicativo!

    Tenha todas as novidades na palma da sua mão.