Seja bem-vindo
SP - Litoral,19/07/2024

    • A +
    • A -

    Comissão aprova projeto que incentiva reciclagem de painéis fotovoltaicos

    Fonte: camara.leg.br
    Comissão aprova projeto que incentiva reciclagem de painéis fotovoltaicos


    Mário Agra/Câmara dos Deputados

    Discussão e votação de propostas legislativas. Dep. Lafayette de Andrada(REPUBLICANOS - MG)

    Deputado Lafayette de Andrada, relator do projeto


    A Comissão de Minas e Energia aprovou projeto de lei que define regras para incentivar o reaproveitamento, a reciclagem e o descarte ambientalmente adequado de painéis fotovoltaicos (PL 998/24). A proposta é de autoria do deputado Benes Leocádio (União-RN) e está sendo analisada pela Câmara dos Deputados.


    O texto cria a Política de Incentivo ao Desenvolvimento da Logística Reversa de Painéis Fotovoltaicos, que prevê fundos, linhas de crédito, sistemas de certificação e incentivos tributários específicos para a pesquisa, a inovação tecnológica e a implementação dos processos.


    Entre os objetivos da política, podem se destacar:



    • expandir a reciclagem de painéis fotovoltaicos;

    • reduzir os impactos ambientais desses produtos;

    • promover tecnologias de reciclagem mais eficientes, seguras e econômicas; e

    • definir normas claras sobre a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos painéis fotovoltaicos, abrangendo fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, consumidores e titulares dos serviços públicos de limpeza urbana.


    O projeto estabelece que caberá à administração pública editar normas e regulamentos complementares, incluindo critérios de elegibilidade e formas de acesso a linhas de financiamento e benefícios fiscais e financeiros.


    O relator, deputado Lafayette de Andrada (Republicanos-MG), explicou que a participação da geração a partir da fonte solar na matriz energética brasileira vem aumento de forma muito expressiva, graças sobretudo à redução no custo de aquisição e instalação desses sistemas, combinado com o aumento generalizado nos preços da energia.


    “Cabe ao Poder Público antever os problemas que surgirão, instituindo o quanto antes políticas públicas capazes de incentivar os diversos agentes sociais a organizarem as cadeias de coleta, armazenagem, reciclagem, reaproveitamento e descarte adequados desses materiais, promovendo a eficiência dos procedimentos e minimizando os impactos econômicos, sociais e ambientais dessas cadeias’, defendeu Andrada.


    Próximos Passos

    O projeto ainda será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Desenvolvimento Urbano; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; de Finanças e Tributação; de Constituição e Justiça e de Cidadania. Para se tornar lei, precisa ser aprovado pelo Senado.


    Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei




    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login

    Recuperar Senha

    Baixe o Nosso Aplicativo!

    Tenha todas as novidades na palma da sua mão.